Twitter Siloé

Papa celebra hoje no santuário da Aparecida, consagrando a Nossa Senhora o seu pontificado e os jovens da JMJ

 O santuário de Nossa Senhora da Aparecida, padroeira do Brasil, está no centro das atenções nesta quarta-feira, pela “peregrinação pessoal” que aí faz o Papa Francisco, que deseja confiar à Virgem o seu pontificado e os jovens da JMJ e de todo o mundo. O programa inicial previa que o Papa se deslocasse de helicóptero, mas devido à chuva (foto, fiéis aguardam chegada do Papa), foi decidido o uso do avião até ao aeroporto mais próximo do santuário, sendo o percurso final percorrido de helicóptero.

A celebração tem início às 10h30 locais (15.30 em Roma), após um ato de veneração da imagem de Nossa Senhora, do santuário. Esta peregrinação do Papa ao santuário da padroeira do Brasil, que todos os anos acolhe milhões de peregrinos, sublinha uma ligação particular do Papa Francisco a este santuário, onde decorreu a V Conferência Geral do Episcopado Latino-americano e Caribenho, em 2007, na qual participou, como arcebispo de Buenos Aires, o então cardeal Jorge Mario Bergoglio.No final da celebração, o Papa fará a consagração do seu pontificado, num “ato de devoção pessoal”, como explicou aos jornalistas padre Federico Lombardi. Invocará também a intercessão da Virgem para todo o Brasil. Concluída a Missa, Papa Francisco saudará os fiéis que não tiveram lugar no interior do santuário.

 Por volta das 13 horas (18 horas em Roma), no Seminário do Bom Jesus, o Papa almoça com os bispos da província e os seminaristas, regressando depois ao Rio de Janeiro, onde visitará o Hospital de São Francisco de Assis na zona da Tijuca, inaugurando uma ala psiquiátrica como “legado social” desta 28ª Jornada Mundial da Juventude. Esta nova estrutura – designada “Polo de Atenção Integral à Saúde Mental (PAI)”, dispondo de 40 camas, representa um “novo impulso” para o tratamento de jovens toxicodependentes e alcoólicos no período de crise.O secretário municipal de Transportes do Rio, Carlos Roberto Osório, admitiu que esta deslocação à Tijuca, na zona norte, constitui a “maior preocupação” de todo o programa de deslocações desta viagem papal, já que não é feriado municipal e Francisco regressa da Aparecida, em hora de ponta.

No Hospital, o Papa começa por presidir a um breve momento de oração. Escutará depois o testemunho de dois jovens que ali recebem tratamento, antes de inaugurar a ala psiquiátrica, um legado da JMJ 2013 que representa uma novidade na história destes eventos internacionais promovidos pela Igreja Católica. O Hospital de São Francisco, tem atualmente um complexo com 8 prédios e aproximadamente 400 camas de internamento.

Outras Notícias

Leia a Bíblia Sagrada online