Twitter Siloé

Os Santos – Discipulos do Imaculado Coração de Maria

 Vivemos hoje uma situação dramática em nosso mundo: o aumento da iniquidade, do relativismo, do individualismo, o avanço do mal, a destruição dos valores (família, religião, moral), a perca da fé, o esfriamento da caridade, aborto, união homossexual, dentre outras situações diabólicas. Nesses tempos difíceis que vivemos, onde o mundo parece cada vez mais descer ladeira abaixo, onde a morte é cultuada e os indivíduos não se importam com a sua fé, o Senhor nos apresenta uma tábua de salvação: a Virgem Maria. Nesses últimos tempos, após um sólido esclarecimento sobre a devoção mariana, Nossa Senhora há de brilhar muito, porque ela será manifestada claramente pelo Espírito Santo. Quanto mais Maria for conhecida e amada, mais seu filho será conhecido e amado.

Ao inicio do Tratado da Verdadeira Devoção, São Luís Maria Grignion de Montfort nos diz: “Foi por meio da Santíssima Virgem que Jesus Cristo veio ao mundo e é por meio d’Ela que Ele deve reinar no mundo.” Em sua aparição em Fátima, Nossa Senhora já confirma esta realidade: “Por fim, meu Imaculado Coração triunfará.” Foi o próprio Jesus que estabeleceu essa devoção, ou seja, é desejo D’Ele que nos entreguemos a Maria, pois ela é um caminho seguro para que cheguemos a Deus. Ter Maria como auxílio é ser obediente ao Senhor que nos disse: “Eis ai a tua mãe” (Jo 25, 19). A missão que Cristo deu a Virgem Santíssima foi a de formar verdadeiros adoradores de Deus. Somos chamados a acolher Maria em nossa casa e sermos formados por Ela, pela Escola do seu Imaculado Coração, onde aprendemos o verdadeiro amor a Deus e ao próximo, bem como as demais virtudes que nos tornam verdadeiros cristãos. São Luís arremata: “Não pode ter Deus por Pai quem não tem Maria por Mãe.”

O remédio para esse mundo doente está na santidade, os santos são aqueles que têm a chave para a transformação desse mundo, são aqueles que na vida souberam amar Cristo e seus irmãos. E Maria, é aquela que é chamada a formar esses homens e mulheres, Maria é a resposta para neutralizar o Inimigo de Deus. Maria é aquela que forma um exército de homens e mulheres, dispostos, prontos para a batalha espiritual. Existem inúmeros exemplos de santos que tinham uma profunda e verdadeira devoção a Virgem Santíssima, podemos citar: São Luis Maria Grignion de Montfort, São Bernardo, São Domingos, Santa Gemma Galgani, São Josemaría Escrivá, São Maximiliano Maria Kolbe, São Pe. Pio de Pietrelcina, São Domingos Sávio, São João Maria Vianney, Dom Bosco, Santa Teresinha do Menino Jesus, São João Paulo II, São Pio X e tantos outros.

Em suas aparições, Maria nos relembra a necessidade de conversão, que possamos fazer penitência, jejuns, sacrifícios, exorta a prática da oração:
“Há quanto tempo sofro por vós!” (La Salette, 1846)
“Penitência, penitência, penitência.” (Lourdes, 1858)
“Não ofendais mais a Jesus que já está muito ofendido”. (Fátima, 1917)
“Que o povo creia e persevere na fé”. (Medjugore, 1981)

Deixemo-nos conquistar por essa Mãe que cuida de nós e que nos leva a Deus, não devemos temer, ao contrário, Maria está ao nosso lado e quer nos ensinar a sermos discípulos de seu filho. Assim como os santos se deixaram formar, assim também nós precisamos deixar Maria nos conduzir por esse caminho de santidade. Maria é o meio seguro e o caminho reto pelo qual passam aqueles que desejam chegar até Jesus. Salve Maria!

Outras Formações

Leia a Bíblia Sagrada online